sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Herman Melville

«Sou um homem que, logo desde a juventude, sempre esteve possuído da convicção profunda de que o caminho mais fácil é, na vida, o melhor. Daí que, embora pertencente a uma profissão proverbialmente enérgica, agitada, em certos casos até à turbulência, mesmo assim jamais permiti que coisa alguma dela invadisse a minha tranquilidade. Sou um daqueles homens de leis pouco ambiciosos que nunca se dirige a um júri, que nunca chama a si os aplausos do público; mas que na serena tranquilidade de um confortável retiro negoceiam confortavelmente com obrigações, hipotecas e títulos pertença dos ricos. Todos os que me conhecem, consideram-me um homem eminentemente seguro

in Bartleby, O Escrivão

Herman Melville

[1 de Agosto de 1819-1891]

1 comentário:

norton disse...

trata-se sem dúvida alguma de um dos textos mais brilhantes, de uma das obras mais dolorosas da literatura mundial.