terça-feira, 19 de maio de 2009

Ainda a Feira do Livro de Lisboa 2009

Desceu o pano da Feira do Livro de Lisboa 2009. Para nós, a Feira é uma Festa e um momento muito especial de contacto directo com os leitores dos livros que, ano após ano, editamos com paixão, dedicação e profissionalismo. Gostamos muito deste contacto e, por isso, procuramos estar sempre presentes para conhecer e escutar os nossos leitores, criando mesmo amigos muito especiais ao longo das Feiras/Festas do Livro. Mas, apesar disto tudo, há sempre aspectos a melhorar. Solicitamos que nos faça chegar apreciações críticas e sugestões. Poderá fazê-lo através de comentários a este texto ou, se preferir, para o seguinte endereço electrónico: luis.guerra@assirio.com. Obrigado.

6 comentários:

Patti disse...

Dos melhores pavilhões da feira deste ano. Os preços estavam excelentes, verdadeiros preços de feira; os livros de ‘saldo’ encontravam-se em muito bom estado, praticamente novos; o atendimento sempre muito simpático e prestável.
Confesso que abri com vocês, os cordões à bolsa, mas valeu a pena.

Muitos parabéns.

José Borges disse...

O ano passado tinham mais variedade nos saldos. De resto, 5 estrelas!

Booktailors - Consultores Editoriais disse...

Tudo muito bem, poderiam é tentar «fechar» mais o vosso espaço e criar um praça mais arrojada.
Julgo que em termos de locais de autógrafos e outras acções poderiam fazer mais (ver Presença ou Bertrand).

Anónimo disse...

para além dos livros encontrei na assírio muita simpatia e boa disposição, o que me ajudou a gastar mais massa que a devida. só fiquei com alguma pena por não ter visto mais autores por lá, como a Maria Velho da Costa ou o grande MEC, mas nem tudo pode ser perfeito. quanto aos espaços fechados e praças arrojadas deixem lá essa merda pá, já bem bastam os alarmes da Leya que afastam os leitores como insecticida afasta mosquito.

M. Antunes, Lisboa

André Benjamim disse...

Não pude ir à Feira do Livro; digamos que fica a muitos kms de distância de mim... Mas se era da Assírio & Alvim decerto que era bom!

Gomes disse...

Boa tarde

A lista completa das obras seleccionadas para livros do dia durante a feira deveria ser disponibilizada até ao início do evento. Os orçamentos não esticam e dessa forma é mais fácil programar os negócios que não se querem mesmo perder.

De resto, nada a apontar. Os saldos cativantes como de costume (no meu caso já me tinha desgraçado na vossa feira do manuseado)e o atendimento simpático e competente. Também dispenso praças e afins. Quero simplesmente ver os livros, e quanto menos confusão melhor. Mas admito que para outras pessoas possa ser um atractivo. Como parecem ter uma relação privilegiada com a Cotovia e a Relógio D'Água talvez possam optimizar a mesma nesse sentido.

Cumprimentos e parabéns pelo bom trabalho